Home Biden Estados Unidos permitirá que pessoas marquem seu gênero com um ‘X’ em seus passaportes
Biden - Mundo - Novo Normal - 04/01/2022

Estados Unidos permitirá que pessoas marquem seu gênero com um ‘X’ em seus passaportes

Ao cumprir esta promessa, feita no outono por Biden, o Departamento de Estado se torna a "primeira agência federal" dos Estados Unidos a oferecer esta opção em um documento de identidade oficial

AFP – A partir de 11 de abril, toda pessoa que solicitar um passaporte nos Estados Unidos poderá marcar a opção ‘X’, e não ter mais que escolher entre os gêneros “masculino” e “feminino“, anunciou o Departamento de Estado nesta quinta-feira (31), no Dia Internacional da Visibilidade Transgênero.

Ao cumprir esta promessa, feita no outono por Biden, o Departamento de Estado se torna a “primeira agência federal” dos Estados Unidos a oferecer esta opção em um documento de identidade oficial, segundo um comunicado de imprensa.

A Casa Branca anunciou uma série de iniciativas para facilitar os trâmites administrativos às pessoas trans.

Entre elas estão uma atualização dos scanners corporais utilizados em aeroportos – para que levem em consideração as pessoas não binárias e intersexuais, a simplificação de procedimentos administrativos e a criação de um site com informações sobre transição de gênero, direcionado aos jovens e seus pais.

“As pessoas transgênero estão entre as mais fortes de nosso país. Mas ninguém deveria ser forte só para ser você mesmo”, disse o comunicado da Casa Branca.

Enquanto o governo federal define ações a favor da população trans, os estados conservadores adotam leis restritivas sobre o cuidado de menores, a prática de esportes e o uso dos banheiros por parte dos membros dessa comunidade.

No Texas, foram abertas investigações contra pais, em virtude de uma medida controversa do governador que equipara certos procedimentos de “mudança de gênero” de menores a um “abuso” punido criminalmente.

“A administração (federal) condena mais uma vez a proliferação de perigosos ataques legislativos contra as pessoas transgêneros em vários estados”, apontou o comunicado da Casa Branca.

“Está comprovado que este tipo de leis estigmatizam e botam em perigo o bem estar das crianças transgênero” e “correm o risco de geras discriminação e abuso” contra suas famílias, acrescentou o Executivo americano.

Deixe um comentário

Leia também

As rotas de migração mais perigosas do mundo

BBC NEWS BRASIL – Em questão de dias, ocorreram duas tragédias mortais envolvendo pe…