Home Biden Elon Musk desafia acusadora abuso sexual para descrever como são suas partes íntimas
Biden - Mundo - Novo Normal - Política - Tecnologia - 05/20/2022

Elon Musk desafia acusadora abuso sexual para descrever como são suas partes íntimas

Musk também foi acusado de esfregar a perna da comissária de bordo sem permissão e oferecer-se para comprar um cavalo se ela lhe desse uma massagem erótica a bordo do avião, informou o Insider na quinta-feira, citando documentos e entrevistas.

JSNEWS – Elon Musk disse que a mulher que o acusou de má conduta sexual de ser uma “atriz de extrema-esquerda” e a desafiou a verificar suas alegações descrevendo algumas parte de sua anatomia “não totalmente conhecida pelo público”.

Musk foi ao Twitter nessa quinta-feira e disse que as “acusações malucas são totalmente falsas“. As alegações foram relatadas pela primeira vez pelo site businessinsider.com.

O magnata da tecnologia foi acusado de se ‘expor‘ a uma comissária de bordo de um de seus aviões particulares em 2016, e a SpaceX mais tarde pagou à mulher US$ 250.000 para resolver sua alegação de má conduta sexual, de acordo com o relatório bombástico.

Musk também foi acusado de esfregar a perna da comissária de bordo sem permissão e oferecer-se para comprar um cavalo se ela lhe desse uma massagem erótica a bordo do avião, informou o Insider na quinta-feira, citando documentos e entrevistas.

Horas depois que Insider publicou a história, Musk desafiou a acusadora  – Musk twittou: “Mas eu tenho um desafio para este mentiroso que afirma que seu amigo me viu ‘exposto’ – descrever apenas uma coisa, qualquer coisa (cicatrizes, tatuagens, …) que não é conhecido pelo público”. “Ela não será capaz de fazê-lo, porque isso nunca aconteceu.”

Musk estava respondendo no Twitter a um comentarista que se perguntou: “Onde estavam arquivadas essas acusações contra @elonmusk antes de ele tomar uma posição contra o Partido Democrata?”

Musk passou a descrever a mulher, uma ex-comissária de bordo e funcionária da SpaceX que trabalhava em seu jato particular, como uma “ativista/atriz de extrema esquerda com um grande machado político nas mãos”.

Em outro Twitter, um usuário perguntou a Musk se ele respondeu ao pedido de comentário do Insider se ele era a pessoa mais rica do mundo, ao que ele respondeu: “Não, ficou claro que seu único objetivo girava em tono do preço da aquisição do Twitter. A história foi escrita antes mesmo de falarem comigo”.

Noutra postagem Musk disse: “Se eu estivesse inclinado a me envolver em assédio sexual, é improvável que esta seja a primeira vez em toda a minha carreira de 30 anos que isso tenha ocorrido”, escreveu.

O suposto incidente ocorreu em uma cabine a bordo de um dos aviões de Musk durante um voo para Londres.

A reportagem publicada no Insider diz que durante a massagem, Musk “expôs seus genitais” e depois “tocou sua perna e se ofereceu para comprar um cavalo se ela ‘fizesse mais’, referindo-se à performance de atos sexuais”.

A comissária de bordo recusou e terminou a massagem sem se envolver em um ato sexual, afirma a declaração obtida pelo Insider.

Musk também abordou as alegações em vários tweets da noite de quinta-feira, dizendo que eles foram politicamente motivados.

“Os ataques contra mim devem ser vistos através de uma lente política – este é o seu manual padrão (desprezível) – mas nada me impedirá de lutar por um bom futuro e seu direito à liberdade de expressão”, escreveu ele em um tweet.

“E, só para constar, essas acusações selvagens são totalmente falsas”, acrescentou em outro tweet.

Funcionários da SpaceX se recusaram a comentar a história do Insider.

Deixe um comentário

Leia também

O condenado à morte nos EUA que ganhou na Justiça direito de ser fuzilado

BBC BRASIL – A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu na quinta-feira (23/6) que u…