Home Comunidade Crônicas do dia a dia – O Ilegal
Comunidade - Cultura - Local - Mundo - 02/11/2022

Crônicas do dia a dia – O Ilegal

Por: Edel Holz – É proibido ser ilegal, mas o ilegal pode viajar pra cima e pra baixo dentro do pais, ter cartão de credito, abrir conta em banco, comprar carro zero…
O ilegal não pode dirigir nem trabalhar, muito menos morar nos Estados Unidos legalmente. Mas o ilegal pode comprar casa na Terra do Tio Sam. Não é proibido o ilegal encher os cofres americanos de dinheiro, ser consumista, gastar, gastar e gastar. Mas o ilegal, coitado não pode se quer desejar viver pra sempre num pais que não é o dele pra fazer dinheiro e ser feliz.

O americano não pega no pesado, mas o ilegal pega. É pintor de parede, pregador de carpete, housecleaner, constructor, delivery, garçom, dish washer

Se o ilegal fosse talvez uma dupla sertaneja de sucesso, apresentador de Tv, modelo, manequim ou um corrupto qualquer do governo brasileiro conseguiria seu green card como num passe de mágica. Mas o ilegal, tadinho é pobrinho, pobrinho.

Não tem dinheiro pra nada quando chega em solo americano. Devia até as calças em seu pais de origem e a única coisa que ele tem é vontade de trabalhar e vencer na vida.

SOBRE A COLUNISTA: Edel Holz é a mais premiada e consagrada atriz, roteirista, diretora e produtora teatral brasileira nos Estados Unidos. Inquieta e de mente profícua, Edel tem sempre um projeto cultural engatilhado para oferecer para a comunidade brasileira. Depois de anos de ausência, Edel volta a abrilhantar as páginas de um jornal. Damos as boas vinda à poderosa e de mente efervescente Edel.

Deixe um comentário

Leia também

Bolsonaro diz a TV americana que EUA podem virar país isolado se esquerda vencer no Brasil

ESTADÃO – O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista à emissora de televisão …