Home Celebridades Cinemas drive-in ressurgem nos USA com pandemia de coronavírus

Cinemas drive-in ressurgem nos USA com pandemia de coronavírus

O drive-in caiu bem para os norte-americanos que estão basicamente confinados em suas casas desde março, assistindo ao número de mortos por Covid-19 se multiplicar por meio das notícias na televisão.

REUTERS – O cinema ao estilo drive-in, descartado por muitos como apenas uma relíquia de tempos passados nos Estados Unidos, está voltando à moda como um entretenimento desenhado para atender às exigências de distanciamento social na era do coronavírus.
Beth Wilson, que é dona do Warwick Drive-in, localizado a cerca de uma hora de carro de Manhattan, diz que vendeu todos os espaços que tinha desde 15 de maio, o primeiro dia em que os drive-ins puderam operar sob o plano de reabertura de Nova York.

O drive-in caiu bem para os norte-americanos que estão basicamente confinados em suas casas desde março, assistindo ao número de mortos por Covid-19 se multiplicar por meio das notícias na televisão.

Os clientes estão “vindo para sair de casa e por uma forma de entretenimento que não seja serviços de streaming em suas TVs”, afirmou Wilson, acrescentando que espera que seu estabelecimento ajude as pessoas a restabelecerem a conexão entre si. “Só quero ver sua felicidade, seu bem-estar.”

A experiência do drive-in acaba servindo sob medida para a pandemia. Os clientes controlam a interação social e qualquer contato com outra pessoa acontece ao ar livre, onde há menor chance de infecção do que em ambientes fechados.

O Four Brothers Drive-In em Amenia, também no Estado de Nova York, é outro que cortou sua capacidade total para manter maior distância entre os carros, mas está vendendo já para a próxima semana, depois de lotar no fim de semana do Memorial Day.

“Há muitas pessoas que pela primeira vez estão perguntando e vindo”, disse John Stefanopoulos, cuja família tem o drive-in e um restaurante adjacente. “As pessoas querem sair de suas casas.”

Stefanopoulos acha que a indústria de drive-ins tem uma chance de ver uma sustentação da alta, após 90% de queda na demanda nas últimas décadas. Ele recebeu perguntas sobre a criação de cinemas ao céu aberto na Inglaterra, Irlanda e em todo o território dos Estados Unidos.

Há pessoas querendo capitalizar com essa tendência. O restaurante The Bel Aire Diner, no bairro nova-iorquino de Queens, colocou uma grande tela em seu estacionamento e está exibindo filmes e servindo comida nos carros enquanto pessoas assistem a clássicos como “A Princesa Prometida” e “Festival Rocky de Terror”.

Com um plano mais ambicioso, um empresário afirmou que está organizando um evento “drive-in de esteroides”, a ser realizado no estacionamento do estádio da equipe de beisebol New York Yankees, depois do 4 de julho. Marco Shalma, um dos donos do MASC Hospitality Group, disse que os eventos terão comida, performances e um filme, e que os vê como forma de revigorar a cidade.
“Estamos tirando água de pedra em Nova York. Será épico”, completou.

(Reportagem de Nathan Layne em Wilton, Connecticut – Agência Reuters).

Deixe um comentário

Leia também

Ordem planejada por Trump para Dreamers não é anistia geral, informa Casa Branca

Da Redação – A ordem executiva planejada do Presidente dos EUA, Donald Trump, sobre …