Home Brasil Brasileiro condenado a 20 anos de prisão por homicídio em Minas Gerais é preso pelo ICE nos Estados Unidos
Brasil - Imigração - Mundo - 08/15/2022

Brasileiro condenado a 20 anos de prisão por homicídio em Minas Gerais é preso pelo ICE nos Estados Unidos

JSNEWS – De acordo com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o imigrante brasileiro Roberson Flávio Santana, de 39 anos, foi preso pelo US Immigration and Customs Enforcement (ICE) na quinta-feira (11) em Los Angeles, Califórnia. Ele estava na lista de procurados pela Interpol por ter fugido do Brasil para os EUA depois de ter sido condenado a 20 anos de prisão por assassinar a facadas Simone Agapito da Silva, de 36 anos, em julho de 2013, em Ipatinga, Minas Gerais, e deixar ferida a irmã da vítima, em 2013, durante uma briga em uma lanchonete. O Brasileiro aguarda uma audiência na Justiça norte-americana para que sua deportação ao Brasil seja autorizada.

“Condenado pelo Tribunal do Júri, o acusado se manteve foragido durante a instrução criminal, o que ensejou a expedição de mandado de prisão preventiva, mandado de prisão definitiva e alerta vermelho à Interpol, diante da informação de que este encontrava-se nos Estados Unidos”, detalhou o MPMG.

Relembre o caso

O crime aconteceu no dia 24 de julho de 2013 em uma loja de açaí na avenida Alberto Giovanini, no bairro Bethânia. A vítima, Simone Agapito da Silva estava no estabelecimento quando a irmã de Roberson Flávio Santana, com quem ela já tinha um atrito, chegou ao local. Elas discutiram e a mulher saiu dizendo que retornaria com o pai, que era policial civil, e o irmão.

Ao voltar à lanchonete, a briga aumentou e o suspeito apareceu com uma faca, desferindo golpes contra a mulher e a irmã dela que sobreviveu aos ferimentos.

Depois do crime o policial civil aposentado, pai dos autores do crime permaneceu no local, ele também foi julgado e declarado não culpado da coautoria do assassinato.

Durante a investigação, a Polícia Civil concluiu a rixa entre as mulheres começou 10 anos antes do homicídio, em 2003, quando Simone foi presa por agredir a irmã de Roberson Flávio Santana, por ciúmes, uma vez que ela teria se relacionado com o marido da mulher.

Após cometer o crime, Roberson Flávio Santana fugiu para os Estados Unidos, e de acordo com o Ministério Público de Minas Gerais, ele estava tentando regularizar a situação migratória nos Estados Unidos, mas mentiu para as autoridades e acabou preso e aguarda os trâmites legais para ser deportado e cumprir a pena no Brasil. (Com informações do O Tempo)

Deixe um comentário

Leia também

Atirador mata 15 pessoas em escola em Izhevsk, na Rússia

Da Redação – Um atirador com uma suástica desenhada em sua camiseta matou 15 pessoas…