Home Biden Biden pede ao Congresso para estender moratória sobre despejos
Biden - Comunidade - Local - Mundo - 07/30/2021

Biden pede ao Congresso para estender moratória sobre despejos

A moratória, de 11 meses de duração, deveria permanecer em vigor até setembro, mas uma decisão recente da Suprema Corte declarou que ela não pode continuar após 31 de julho sem autorização do Congresso

AFP – O presidente Joe Biden pediu ao Congresso dos Estados Unidos para prorrogar a proibição federal de despejos devido à possibilidade da variante Delta do coronavírus atrasar a recuperação econômica do país. O pedido foi feito dois dias antes de a medida expirar.

A moratória, de 11 meses de duração, deveria permanecer em vigor até setembro, mas uma decisão recente da Suprema Corte declarou que ela não pode continuar após 31 de julho sem autorização do Congresso, disse Jen Pskai, porta-voz da Casa Branca.

Determinada pelos Centros de Controle de Doenças em setembro de 2020, a medida “evitou que centenas de milhares de americanos experimentassem a angústia (e) a falta de moradia” ocasionadas por um despejo, caso perdessem seus empregos devido à pandemia de covid-19, disse Psaki em nota.

“À luz da decisão da Suprema Corte, o presidente pede ao Congresso que prorrogue a moratória sobre despejos para proteger sem demora esses inquilinos vulneráveis e suas famílias”, acrescentou.

Enquanto isso, o Departamento do Tesouro lançou esta semana uma campanha para divulgar o programa de Auxílio Emergencial ao Aluguel, que fornece fundos para ajudar a pagar gastos com habitação e serviços públicos.

O Tesouro disse que enviou 25 bilhões de dólares para estados e municípios em função do programa em fevereiro e que tem outros 21,5 bilhões de dólares disponíveis.

No entanto, até junho, menos de 3 bilhões de dólares chegaram aos inquilinos, o que levou alguns republicanos no Congresso a acusar o governo democrata de administrar mal o programa.

Deixe um comentário

Leia também

Bolsonaro cumprirá quarentena determinada pela Anvisa

COM R7 – O presidente Jair Bolsonaro cumprirá a norma de quarentena determinada pela…