Home Biden Biden diz que Trump é um perdedor mentiroso e uma ameaça à democracia um ano após o ataque trumpista ao Capitólio dos EUA
Biden - Mundo - Política - Trump - 3 semanas atrás

Biden diz que Trump é um perdedor mentiroso e uma ameaça à democracia um ano após o ataque trumpista ao Capitólio dos EUA

Presidente americano não pronunciou em nenhum momento o nome do ex-presidente e afirmou que seu antecessor 'não fez nada durante horas enquanto o Capitólio estava cercado'.

AES – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quinta-feira (6) que seu antecessor, Donald Trump, é um “perdedor” e “mentiroso” e uma ameaça contínua à democracia, em discurso no aniversário de um ano do violento ataque ao Capitólio.

Seguidores de Trump invadiram a sede do Congresso americano em 6 de janeiro de 2021 para tentar reverter sua derrota eleitoral.

Foto de 6 de janeiro de 2021, dia da invasão ao Capitólio dos EUA, mostra policiais conversando com apoiadores do então presidente americano, Donald Trump, incluindo Jacob Chansley (à direita), do lado de fora do plenário do Senado — Foto: Manuel Balce Ceneta/AP

Biden, que em nenhum momento pronunciou o nome de Trump e o chamou de “ex-presidente derrotado”, afirmou que o então ocupante da Casa Branca “não fez nada durante horas enquanto o Capitólio estava cercado”.

O presidente americano reafirmou que não há provas de que os resultados eleitorais foram imprecisos e que Trump “perdeu por mais de 7 milhões de votos”. “Você não pode amar seu país só quando ganhar”.
Biden alertou que o prejuízo causado por Trump antes da invasão, em um discurso enfurecido no qual afirmou falsamente que sua derrota era resultado de fraude generalizada, ainda continuam presentes no dias atuais.

“Vamos ser um país que permite que autoridades eleitorais partidárias possam reverter o desejo expressado legalmente pelo povo? Seremos um país que não vive à luz da verdade, mas nas sombras de mentiras? Não podemos nos permitir ser esse tipo de país. O caminho para frente é reconhecer a verdade e viver ao lado dela“, afirmou Biden.
De acordo com uma pesquisa Reuters/Ipsos, cerca de 55% dos eleitores republicanos acreditam na afirmação falsa do ex-presidente, rejeitada por dezenas de tribunais, departamentos eleitorais estaduais e membros do próprio governo Trump.

O líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, afirmou na quarta-feira que, embora o edifício do Capitólio seja mais fortificado hoje do que um ano atrás, a democracia continua vulnerável.

“A insurreição não será uma aberração. Ela pode bem se tornar a norma, afirmou o democrata, a não ser que o Congresso aborde as causas raízes do 6 de janeiro de 2021 através de reformas eleitorais”.

Deixe um comentário

Leia também

Crônicas do dia a dia – Êta saudade, sô!

Edel Holz Seu Gustavo estava afoito. Após 4 anos sem ver a filha, iria para os Estados Uni…