Home Brasil Após demissão de Nelson Teich, Dr. Rey se oferece para cargo de ministro da Saúde

Após demissão de Nelson Teich, Dr. Rey se oferece para cargo de ministro da Saúde

Em um vídeo publicado em seu Instagram, o ''Dr. Hollywood'' justificou que o Brasil precisa sair da quarentena antes que entre numa recessão econômica que, segundo ele, pode ser tão grave quanto à Grande Depressão de 1929.

EXTRA – Após Nelson Teich pedir demissão do Ministério da Saúde nesta sexta-feira, o Dr. Robert Rey fez um vídeo no Instagram pedindo para ser considerado para o cargo de ministro pelo presidente Jair Bolsonaro.

”O Brasil está em quedra-livre, e no momento em que mais precisamos do Ministério da Saúde estável, ele está um caos. É muito humilhante pedir, mas eu peço. Presidente Bolsonaro, me considere como ministro da Saúde. Sou formado em Ciencias Políticas, Ciências Públicas em Saúde em Harvard. Eu apoio o seu plano cem por cento porque ele é o mesmo dos Estaados Unidos. Os Estados Unidos abrem esta semana, e por isso estou indo para um hotel.”

Em um vídeo publicado em seu Instagram, o ”Dr. Hollywood” justificou que o Brasil precisa sair da quarentena antes que entre numa recessão econômica que, segundo ele, pode ser tão grave quanto à Grande Depressão de 1929.

”Os Estados Unidos perderam 100 mil empresas que nunca mais voltam. Se nós fecharmos a economia por dez anos, um ano, seis meses, o Brasil entrará em depressão. Faz um Google de quantas gente morreram só de suicídio na depressão de 1929. Foi muito mais do que a mortalidade do Covid-19”, justificou.

Rey, que já foi candidato a presidente da república no Brasil, ainda declarou total apoio ao presidente neste momento de pandemia, além do uso de medicamentos que ainda não foram comprovados como eficientes contra o coronavírus.

”Vamos apoiar nosso presidente. Eu apoio cem por cento. Hidroxocloroquina? Apoio! Dois estudos mostraram que funciona, e com pouco risco. É um medicamento usado há anos. E abrimos o Brasil com uso da máscara e distância social para proteger o grupo de risco.”

E caso seja nomeado, o médico afirmou também que traria ideias inovadoras para o governo brasileiro ”por viver no exterior”.

”Eu vou trazer ideias novas. Quem vem de fora traz ideias novas. Vamos proteger a economia, porque com ela destruída o Brasil fica pior que terceiro mundo. Aqui fala é o Dr. Rey e peço que eu seja indicado para ministro da Saúde. Eu trago ideias novas, como por exemplo os anticorpos que Israel está produzindo”, explicou.

No fim do vídeo à bordo de um avião em direção à Flórida, Rey voltou a repetir suas propostas caso conquiste o cargo no governo brasileiro:

”Quero abrir o Brasil e apoiar o presidente Bolsonaro. Como cidadão também tenho direito de pedir para ser considerado como ministro da Saúde, pois o Brasil está em queda-livre. Não quero nada do Brasil. Amo vocês e estou muito preocupado com a situação do país. O mundo está começando a olhar o Brasil, que é um dos mais críticos do mundo.”

Além do vídeo, Rey também fez uma série de stories reforçando seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

”Meus querido Brasil que eu amo tanto, meus queridos brasileiros, presidente bolsonaro, que eu apoiei, pois nós dois éramos candidatos a presidente da republica, tivemso alguns descordos (sic), isso é normal, mas no momento que percebi que você levaria a bandeira do conservadorismo apoiei por muitos anos e apoio hoje na saúde. No momento, que entramos na curva do Brasil da Covid, o Brasil virou uma guerra de ideologia. Como? A luta é contra corona, não contra ideologia. Teríamos que ter total estabilidade no Ministério da Saúde, apostei meu jaleco aqui no aeroporto, indo pras minhas clínicas na fl´roida, pra mostrar respeito nesse momento tão perigoso.”

Deixe um comentário

Leia também

Casos de Covid-19 chegam a 11,3 milhões no mundo, com 531 mil vítimas

EFE – O número de casos do novo coronavírus confirmados nesta segunda-feira pela Org…