CELEBRIDADES

Voltar

'Prostituta' - Axl Rose questiona visto de imigração de Melania Trump

- 07 de Março por COM R7

COM R7 - Nos últimos dias muito se falou nos Estados Unidos a respeito de como Melania Trump, esposa de Donald Trump, conseguiu seu visto para residir no país.

De acordo com várias fontes, ela o fez através de uma aplicação em 2001 para a categoria EB-1, que é destinada a indivíduos que “demonstram habilidades extraordinárias nas ciências, artes, educação, negócios ou atividades físicas através de reconhecimento nacional ou internacional.”

Melania largou a faculdade um ano após se tornar modelo, e há muita discussão sobre como ela se enquadraria nessa categoria, com gente dizendo que quem se movimentou nos bastidores para aprová-lo foi Donald Trump, que a conheceu em 1998.

Axl Rose, vocalista do Guns N’ Roses e do AC/DC, não apenas é uma dessas pessoas como fez uma série de críticas ao órgão de imigração do país que vem expulsando vários imigrantes desde que Trump foi eleito presidente, o ICE, e chegou a chamar a primeira-dama de “ex-prostituta”.

As mensagens vieram em sua conta oficial no Twitter, onde ele questionou uma declaração dada pelo advogado de Melania:

‘A Sra. Trump era mais do que qualificada e elegível para o visto,’ disse Michael Wildes, advogado de Melania Trump e sua família ao Post. ‘Não há motivo para julgar seu pedido publicamente quando a privacidade é tão importante para ela.” Ninguém mais tem!

A partir daí, ele falou sobre o suposto “esquema” que teria dado o visto a Melania e a chamou de “ex-prostituta”:

Uma suposta ex-prostituta que entrou em um esquema de imigração merece privacidade de alguma forma porque ‘significa muito para ela?’ Foda-se esse palhaço!

Em um outro tweet, o músico nascido em Lafayette, Indiana, nos Estados Unidos, ironizou perguntando onde andaria o ICE para averiguar o caso e comparando seu diretor, Thomas Homan, aos nazistas:

Onde está aquele Nazi Homan do ICE quando precisamos dele?

O Outro Lado

Em uma matéria a respeito do assunto, o New York Times consultou advogados e profissionais da área sobre o caso de Melania Trump e boa parte deles disse que isso é “normal”.

Eles alegam que apesar da descrição “nobre”, a categoria pode agregar nomes de várias outras áreas que não sejam exatamente ligadas ao estudo, bastando que a pessoa se destaque com ênfase em seu país.

Quando pediu o visto, Melania Trump que é da Eslovênia, poderia estar se destacando no ramo da moda ao aparecer em capas de revistas e desfiles mundo afora, sendo julgada pelo departamento de imigração dos Estados Unidos como uma referência no que faz.

mais populares
edição online
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
- 14 de Junho - ESPORTES

Rússia surpreende e goleia a Arábia Saudita na estreia da Copa

Os donos da casa abriram a Copa do Mundo com uma goleada sobre a Arábia Saudita. Desacreditada por resultados ruins em sua preparação para o torneio,...


- 14 de Junho - BRASIL

Paulo Henrique Amorim é condenado pelo STF em caso de injúria racial

O jornalista Paulo Henrique Amorim foi condenado por crime de injúria racial pela Terceira Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal....


- 13 de Junho - ESPORTES

Espanha demite técnico dois dias antes de estreia na Copa

Faltando apenas dois dias para a estreia da seleção da Espanha na Copa do Mundo, a Real Federação Espanhola de Futebol demitiu nesta quarta-feira o...


Guia Comercial

Os melhores negócios e empresas você só encontra aqui.

SAIBA MAIS
Anuncie grátis aqui !