ESPORTES

Voltar

Grêmio conquista o tricampeonato da Libertadores

- 30 de Novembro por FOLHAPRESS

FOLHAPRESS - A história mostra na Copa Libertadores que nem sempre o time que se apresenta melhor fica com a taça. Mas na edição de 2017 afirmo, sem nenhuma dúvida, que o melhor clube da competição ficou com o título.

O Grêmio fez uma na campanha tão boa em sua terceira conquista da Libertadores, que não deu nenhuma chance para o azar, ou ter aquele famoso apagão que custa uma desclassificação.

Basta constatar que o time nas fases de mata-mata, das quatro partidas que jogou fora de casa, ganhou três e empatou uma. Teve o tropeço contra o Barcelona de Guayaquil jogando em casa, na partida de volta das semifinais, mas a equipe tinha grande vantagem por ter vencido o adversário por 3 a 0 fora de casa.

Pobres daqueles que não perceberam que o grande objetivo do Grêmio era conquistar a Libertadores e criticaram o clube de “deixar” o Brasileiro de lado. Não preciso falar de cada um dos jogos da campanha, mas acho que o grande destaque do Grêmio na competição foi ter formado um time muito forte. Méritos para Renato Portaluppi, que faz um trabalho extraordinário, desde que assumiu o Grêmio no ano passado e conquistou a Copa do Brasil.

Muitos citam que o elenco do Grêmio conta com alguns que não deram certo em outros clubes. Além da história do time de “recuperar” atletas que foram mal em outros times, o grande mérito do Grêmio, que venceu a Libertadores de 2071 é ter um conjunto forte e acertado – mérito total do Renato e de sua comissão técnica, além de um grande jogador que fez grande diferença em cada setor do campo durante a campanha: Grohe (gol), Geromel (zaga), Arthur (meio) e Luan (ataque). Esses quatro jogadores, com o conjunto forte cresceram e os “coadjuvantes” no time bem aramado cresceram – outro ponto positivo do trabalho do Renato Gaúcho e sua comissão técnica - que foi tirar o máximo do elenco.

Outro ponto que fez o Grêmio ganhar a Libertadores pela terceira vez, foi que o time sempre se preocupou em jogar futebol e não apenas em catimbar e ganhar na marra. A atuação no primeiro tempo contra o Lanús, na final, foi uma aula e é uma bom exemplo do que o time fez para conquistar o troféu da Libertadores.

mais populares
edição online
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
- 19 de Julho - ESPORTES

Francesas relatam agressões sexuais durante comemorações da Copa

Com a vitória da seleção francesa na Copa do Mundo, no último domingo (15), os torcedores saíram em massa às ruas de toda a França para celebrar a...


- 18 de Julho - ESPORTES

Após invasão na Copa, membros do Pussy Riot pegam 15 dias de prisão

Além dos 15 anos de prisão, os manifestantes também estão proibidos de frequentar eventos esportivos na Rússia por três anos. A Justiça russa decidiu...


- 16 de Julho - IMIGRAÇÃO

Homem que sugeriu que militantes islâmicos deveriam matar o príncipe britânico George é condenado à prisão perpétua

Um britânico que sugeriu que militantes islâmicos deveriam atacar o príncipe George, que tem quatro anos e está destinado a ser rei, foi condenado à...


Guia Comercial

Os melhores negócios e empresas você só encontra aqui.

SAIBA MAIS
Anuncie grátis aqui !