NOTÍCIAS

Voltar

França faz revisão e muda a oração do 'Pai Nosso'

- 30 de Novembro por AFP

AFP - Os fiéis na França começarão a rezar uma nova versão do "Pai Nosso" a partir de domingo (2), após a modificação de uma frase que sugere que os pecadores são tentados por Deus.

A frase "não nos submeteis à tentação", como aparece atualmente na versão em francês desta oração, será substituída a partir deste fim de semana por "não nos deixeis cair em tentação", como em português, o que transfere a carga do pecado aos homens.

A versão atual da oração em francês foi adotada em 1966, como resultado de um compromisso ecumênico após o Concílio Vaticano II, e nunca foi unânime.

Pode Deus submeter seus filhos à tentação, um domínio reservado ao diabo? O teólogo protestante Jacques Ellul considerava esta tese absurda, enquanto outros, especialmente católicos, a consideravam quase blasfematória.

"A tradução não era errônea, mas a interpretação era ambígua", comentou o monsenhor Guy de Kerimel, presidente da comissão episcopal para a liturgia na Conferência de Bispos da França (CEF).

Mas a nova versão também gerou críticas. Para o Conselho Nacional de Evangélicos da França (CNEF), o novo texto elimina a ideia de que o Criador "seria responsável pela tentação, mas solapa a soberania de Deus".

A Igreja espera que esta mudança seja uma "ocasião para que os cristãos se reapropriem" do Pai Nosso.

mais populares
edição online
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
- 22 de Junho - ENTRETENIMENTO

Olha o balancê - Canal internacional da Globo está em clima de festa junina

Ana Maria Braga apresenta receitas típicas enquanto algumas das melhores festas de São João dos EUA ganham destaque na Internet


- 21 de Junho - ESPORTES

Goleiro falha, Croácia vence e Argentina se complica

Argentina ficou mais distante das oitavas de final na tarde desta quinta-feira, 21. Mostrando uma equipe com os mesmo problemas da estreia, apesar...


- 21 de Junho - IMIGRAÇÃO

Detida, avó brasileira que emigrou com neto deficiente aos EUA pode ser separada definitivamente do jovem

Se ela for deportada, jovem com autismo e deficiência neurológica ficará sob cuidado do governo dos EUA pelo menos até os 21 anos. Segundo advogado,...


Guia Comercial

Os melhores negócios e empresas você só encontra aqui.

SAIBA MAIS
Anuncie grátis aqui !