LOCAL

Voltar

Republicano adverte Trump sobre possível demissão de procurador-especial

08:22AM - 28 de Julho por Js Edição

Se Donald Trump destituir Robert Mueller, o procurador-especial que investiga os vínculos de sua equipe com a suposta ingerência russa nas eleições americanas, poderá marcar o “início do fim” de sua presidência, advertiu o senador Lindsey Graham (FOTO), que concorreu com Trump nas primárias presidenciais republicanas, também insistiu em que haveria “um inferno sagrado para pagar” caso Trump demitisse seu procurador-geral, Jeff Sessions. Grahan é um conceituado legislador republicano que fez a declaração na quinta-feira, 27.

Esses comentários demonstram que membros do próprio partido de Trump têm se irritado progressivamente pelas possíveis tentativas do presidente de apaziguar as investigações sobre a Rússia. Trump e sua equipe passaram semanas tentando desacreditar publicamente o procurador-especial Robert Mueller e seu círculo de auxiliares legais, que investigam os esforços de Moscou para infl uenciar as eleições presidenciais de 2016 e os vínculos da campanha de Trump com a Rússia. Graham enviou uma advertência endereçada à Casa Branca na quinta-feira, afi rmando que “qualquer esforço de ir contra Mueller poderá ser o começo do fim da presidência de Trump, a menos que Mueller cometa algum erro”.

Os legisladores não encontraram evidências de que a equipe de Mueller esteja comprometida, e Graham considera que qualquer movimento por parte de Trump para expulsá-lo poderá ser percebido como ultrapassar “uma linha vermelha”. “Este esforço dirigido basicamente a marginalizar e a humilhar o procurador-geral não cairá bem para o Senado” ou para os conservadores, disse Graham, em uma declaração feita no Capitólio transmitida pela CNN.

O procurador-geral foi um dos apoiadores mais recentes e leais a Trump, mas o comportamento do presidente nos últimos dias alimenta os rumores de substituição. O presidente o reprova por ele ter se recusado de participar na investigação federal para determinar se houve conluio entre a equipe de campanha de Trump e a Rússia nas eleições presidenciais de 2016.

mais populares
edição online
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
07:41AM - 21 de Abril - LOCAL

O custo astronômico das deportações de Trump

O presidente Donald Trump quer fazer pensar que leva a sério a sua promessa de campanha de deportar tantas quantos imigrantes for possível.


07:26AM - 21 de Abril - LOCAL

Brasileira que teve extradição aprovada para os EUA diz que é vítima de abuso de poder

Claudia Cristina Sobral é acusada de ter assassinado o marido


- 18 de Abril - ESPORTES

Presidente do Real Madrid garante que Neymar deixará Barcelona por relação com Messi

Ao jornal espanhol Diario Gol, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, afirmou que Neymar tem um "plano de fuga” e pode deixar o Barcelona. O...


Guia Comercial

Os melhores negócios e empresas você só encontra aqui.

SAIBA MAIS
Anuncie grátis aqui !