LOCAL

Voltar

O custo astronômico das deportações de Trump

07:41AM - 21 de Abril por Js Edição

JEHOZADAK PEREIRA

O presidente Donald Trump quer fazer pensar que leva a sério a sua promessa de campanha de deportar tantas quantos imigrantes for possível. Estimou este número em dois milhões, podendo na pior da hipóteses chegar a três milhões e a pergunta que sempre se faz é se isto será possí- vel. Será mesmo? A CNN Money publicou recentemente uma reportagem onde esmiuça esta possibilidade e o custo dela. Claro e óbvio que as cifras apontadas podem - e devem ser questionadas, mas de fato elas são astronômicas e do ponto de vista econômico inviáveis mas mesmo assim resta saber se Trump está de fato disposto a pagar o preço, ou no caso o custo.

A reportagem informa dados preciosos. No ano fiscal de 2016, o U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) gastou US$ 3,2 bilhões para identifi car, deter e remover imigrantes indocumentados. Neste mesmo período o ICE lidou com aproximadamente 240 mil dos 450 mil casos de deportações.

O restante ficou a cargo do Customs and Border Patrol (CBP), que também prende e deporta imigrantes indocumentados, quando os detém nas fronteiras com o México e o Canadá. Cada deportação teve um custo médio de US$ 10.854 no mesmo ano fiscal, que inclui todos os custos da remoção como a detenção, alimentação e a remoção para o país de origem. Do total de detenções feitas pelo ICE - cerca de 175 mil foram nas fronteiras ou em um porto de entrada nos Estados Unidos.

O restante foi em decorrência de investigações que dependiam dos departamentos de polícias locais ou estaduais e o ICE gastou cerca de US$ 130 milhões para identificar e deter o que denominam como fugitivos da Imigração e em muitos casos contaram com a colabora- ção destes mesmos departamentos locais de polícias que acionaram o órgão. Estavam incluídos neste item, os que cometeram infrações de trânsito e quando foram detidos, constatou-se que eram procurados.

De acordo com o Department of Homeland Security (DHS) o ICE opera 112 dos seus centros próprios de detenções nos Estados Unidos e coordena com cerca de 500 outros centros estaduais e locais, além de prisões privadas. Em 2014, o custo médio em um centro de detenção federal era de US$ 5.633 para uma estádia também de 31 dias. No mesmo ano fi scal de 2016, o ICE gastou extras US$ 345 milhões para acomodar o aumento de famílias com crianças que cruzaram a fronteira sul ilegalmente, segundo dados do DHS.

Ou seja, os custos do que pretende Donald Trump são estratosféricos e custosos levando-se em conta o número médio de 2,5 milhões é de cerca de US$ 2,8 trilhões, sem contar eventuais aumentos de custos operacionais. Aliás, Trump precisa como dizem alguns americanos, dar carne fresca aos seus eleitores e seguidores e é claro que tanto o presidente quantos os Estados Unidos queiram mesmo deportar e é justo que assim seja os indesejados, os criminosos, os que tem carta de deportação e tudo mais que for considerado um perigo para sociedade, mas valerá a pena gastar tanto dinheiro?

mais populares
edição online
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
- 19 de Fevereiro - ESPORTES

Gandula denuncia jogador e massagista por agressão durante partida

A vítima foi espancada no estádio Morenão, em Campo Grande, ao comemorar de forma provocativa o gol da equipe adversária. O clássico, válido pela...


08:13AM - 16 de Fevereiro - ESPORTES

Futebolista Elio Firmino participa de campeonato e treinamento na Geórgia e no Arizona

O brasileiro Elio Firmino que é jogador de futebol da Academia do New England Revolution, vai disputar a MLS Generation Adidas Cup em Atlanta, Geórgia


- 15 de Fevereiro - BRASIL

Mulher é enterrada viva na Bahia e corpo é achado revirado dentro de caixão

A família de uma mulher de 37 anos que ficou enterrada por mais de dez dias, na cidade de Riachão das Neves, no oeste da Bahia, acredita que ela...


Guia Comercial

Os melhores negócios e empresas você só encontra aqui.

SAIBA MAIS
Anuncie grátis aqui !